Um mundo novo para se descobrir!

 
DSC01099.JPG

Minha curiosidade sobre povos, lugares, memórias e museus sempre foi algo que me fez sair da zona de conforto. Depois de completar minha formação em História minha atenção para este tema, durante as viagens a trabalho, ou não, se transformou em pesquisa quase cientifica. Como viajar sem conhecer “tooodas" as informações existentes, ler os livros de história do local, geografia, animais marinhos, detalhes de cada museu e obras de artes monumentais?

Eu exagero, nestas afirmações, mas acaba sendo bem assim! Uma incansável pesquisa sobre os locais a serem visitados!

Após mais de 20 anos trabalhando nos setores de turismo, viagens, cultura e entretenimento, viajar e não olhar e curtir os lugares também sob essa perspectiva técnica, me é impossível. 

Atualmente estou mais tranquila. Continuo atuando nesses setores, mas como só faço trabalhos que me tragam além de uma boa remuneração, bons clientes e a possibilidade de mudar alguma coisa, trabalho bem menos. E tenho tempo para escrever um pouco sobre o que já vivi, e ainda quero viver nos próximos 50 anos que pretendo viver, sempre aprendendo muito!

Neste blog, além de conversar com amigos e interessados, escrever sobre como organizo os meus roteiros e dinamizar as viagens com os meus interesses próprios, quero dividir essas experiências, pessoais e profissionais com todos. E tenho a vontade de ter alguns especialistas amadores escrevendo junto comigo sobre temas que não domino.

Meditando em Fernando de Noronha

PATRICIA MERGULHO.JPG

Desde jovem sou louca por biologia marinha e, obviamente, pelo fundo do mar e pelos mergulhadores que fazem a exploração desse universo sensacional. Mas tinha medo e uma certa claustrofobia pois até fazer flutuação ou snorkel me angustiava.  Após algumas crises de pânico, o psiquiatra me recomendou tentar mergulhar. “Você precisa aprender a respirar”, disse ele.

 

E lá fui eu.

Eu adoro e coleciono mapas, de papel e globos terrestres,  para rabiscar, marcar, girar e sonhar!

Eu adoro e coleciono mapas, de papel e globos terrestres,  para rabiscar, marcar, girar e sonhar!

Fiz o curso de mergulho por duas vezes, sendo que na primeira tive tanto pânico que não consegui fazer o check out no mar. Em 2002, quando eu já tinha quase quarenta anos e me preparava para ir a Fernando de Noronha a convite de meus amigos, Sonia e Edgar Werblovsky. Na época, me provocaram dizendo que eu não poderia deixar de mergulhar, já que eu tinha tanto interesse pelo assunto.

 

 
Patricia Servilha | Historiadora, especialista em turismo cultural, marketing de eventos e diretora da Marketing Places, ex- CEO da Chias Marketing. Atualmente é Vice-presidente de turismo inteligente do  Instituto Smart City Business America |  e vice-presidente da  Skål International: Travel Professionals Organisation  em São Paulo. 

Patricia Servilha | Historiadora, especialista em turismo cultural, marketing de eventos e diretora da Marketing Places, ex- CEO da Chias Marketing. Atualmente é Vice-presidente de turismo inteligente do Instituto Smart City Business America | e vice-presidente da Skål International: Travel Professionals Organisation em São Paulo. 

Com o desafio em mãos, saí em busca de um curso, pela segunda vez. E descobri o tal mundo novo.

Me acompanhe neste blog. Ele nasceu pela vontade de falar de mergulho mas demorei um tanto para colocá-lo em prática, e aumentei em muito a sua abrangência. Aos 50 anos aprendi a esquiar. Quer dizer, tentei aprender. Mas aos poucos, com muita persistência, acredito que esteja indo bem. Vamos ver nos episódios que vou narrar por aqui.

Teremos bons comentários sobre cidades, cultura, patrimônio, mas também podemos falar sobre ski, tênis, maratonas, natação, e outras atividades que me fazem querer aproveitar mais e melhor os próximos 50 anos.

Vocês vem comigo?