CINCO DIAS NA FLÓRIDA CENTRAL - TERCEIRO DIA!

Este post faz parte de uma série de cinco dias na Flórida, vividos e relatados aqui por nossa colaboradora Victória Bernardes. Para ver o post anterior, clique aqui!

858dc546-9e61-4edc-8451-e2638bb84296.jpeg

Deixei minha casa de férias em Balmoral para conhecer um pomar em Haines City, o Ridge Island Groves. A propriedade é da família do senhor Archie Ritch há 26 anos e, atualmente, a plantação majoritária é de laranjas - regulares, grapefruits e tangerinas. Um inseto pequeno estava estragando a plantação de blueberries (mirtilos) e morangos, por isso resolveram terceirizar o processo de produção.

Fachada do Ridge Island Groves. Foto:   RV Life on Wheels

Fachada do Ridge Island Groves. Foto: RV Life on Wheels

As laranjas são hand-picked, ou seja, colhidas manualmente, passam por um processo de limpeza e são distribuídas em caixas de acordo com o seu tamanho para entregas nos destinos.

Esse é um dos únicos locais nos Estados Unidos que não foi completamente industrializado e a região número 1 de produção cítrica para todo o país, exceto Alaska, Canadá e Havaí. De acordo com os funcionários do Ridge Island Groves, as laranjas aqui produzidas são consideradas “feias” para irem ao supermercado, por isso são distribuídas para servirem como suco, matéria prima de doces, marmeladas, geleias, mel, etc.

Fotos: Victória Bernardes

O senhor Archie Ritch nos guiou durante toda a visita e, na ocasião, nos contou um pouco de sua infância na fazenda. Antigamente, conta, as crianças ficavam livres pela propriedade com seu próprio canivete para degustar as frutas no intervalo das brincadeiras. Ele me deu uma palhinha de como era, escolheu uma laranja no pé, sacou seu canivete e abriu-a. “You have to squish!”, disse, o que significa que deveria apertar e sugar o caldo. Apesar da aparência verde, estavam bem saborosas e suculentas.

O calor estava rigoroso, por isso fomos direto para a lojinha do Ridge Island Groves conhecer os produtos. Praticamente todos eram artesanais e feitos com as frutas provenientes das colheitas.

IMG_5160.JPG
Fla Natural GROVE HOUSE Gift Shop.JPG

Vídeo institucional da propriedade

Depois de um passeio delicioso no pomar, era hora de conhecer um local que faz parte da rota de parques temáticos de Orlando e que atrai muitas famílias, não só dos Estados Unidos, mas de todo o mundo, para adultos, jovens e crianças se divertirem: LEGOLAND!

Eu recomendo muito para os jovens avós que viajam com os netos!

É divertido, educativo, lúdico e muito seguro!

O parque de diversões é todo pensado para segurança de todos e os brinquedos não são tão radicais. Existem dois tipos de acomodações para quem quer ficar pertinho do parque, o primeiro tipo é a LEGOLAND Florida Resort Beach Retreat.

Aqui os hospedes são acomodados em vilas de casinhas temáticas por dentro e por fora. Podem aproveitar um mini parque aquático e um centro onde são feitas as refeições.

Fotos: Visit Cetral Florida e Victória Bernardes

A segunda acomodação é LEGOLAND Hotel, dentro do parque da Lego mesmo e está logo depois da entrada. Na recepção estão expostos mais de 8 mil personagens Lego, há uma piscina de pecinhas que você pode moldar as pilastras enquanto espera o check-in e uma lojinha com alguns itens da marca. As atividades já começam aqui!

Os andares e os quartos também são temáticos!

Fotos: Victória Bernardes e Visit Central Florida

Chegou a hora da diversão! Seguimos para dentro de Legoland direto para o almoço, no restaurante Fun Town Pizza and Pasta Buffet também tematizado e self-service à vontade de pizza salgada, pizza doce, macarrão e salada! E o preço estava ótimo: USD 14,99 por adulto e USD 6,99 por criança.

A primeira atração de LEGOLAND é a Lego City, a representação de diversos pontos turísticos do mundo construídos em milhares de milhões de pecinhas! Há uma oferta especial com o universo Star Wars e mesmo que eu tente, as imagens e vídeos falam por si.

Praticamente todos as exposições são interativas: ha um botãozinho que a gente aperta e algo ocorre. Veja!

E, como em todos os parques, há muitos brinquedos, montanha-russa, carrosséis, e outras atrações que valem muito a pena experimentar! Entre uma atração ou outra, existem lojinhas de LEGO, para que ninguém esqueça de levar as lembranças de um dia divertidíssimo.

Depois de muita diversão, o jantar foi no Harborside Restaurant, também em Winter Haven. O estabelecimento fica situado na borda do Lake Shipp, ou seja, a vista é incrível! Possui uma plataforma que possibilita os barcos atracarem~. A comida é muito boa, nada difere do estilo americano de servir um salmão grelhado com legumes sauté.

Clique na imagem abaixo para ver as próximas.

Fotos: Victória Bernardes, Visit Central FLorida e The Ledger.

Chego ao final desse dia com muita energia gasta. Mesmo com brinquedos leves, em LEGOLAND é possível aproveitar muitas aventuras. E, como a marca é quase milenar, é impossível andar pelo parque sem ter alguns picos de nostalgia.

Mas o descanso já me aguardava no quarto dia.

Patricia Servilha